Arquivo da tag: Zatchels

camuflada

Que eu amo o militarismo, todo mundo já sabe. Acho que não tem trend que me emocione mais do que essa, e eu sempre acabo me rendendo a um look militarizado – seja nas cores, nas referências das peças, ou mesmo na estamparia camuflada.

Tinha esquecido que tinha fotografado esse look pra mostrar pra vocês. Ops! Pra uma das aulas do mestrado antes de viajar, eu vesti o militarismo mais uma vez. E fui vestindo a cavalaria, usando uma camuflagem especial!

camuflada

Eu peguei um amor por essa estampa que vocês não tem ideia. Ou melhor, dá pra ter uma ideia, já que, como esse look do dia registra, eu comprei saia e paria da mesma estampa! E ainda por cima usei de conjuntinho!!

IMG_5417

Eu usei também duas bolsas, de tanto material que tive que carregar. E escolhi duas bolsinhas que vocês já conhecem de outros looks, e que combinam entre si!

IMG_5416

Pra não ficar monocromático e/ou monotemático, escolhi esse slipper. Acho que verde e burgundy combinam muito! Adoro misturar essas duas cores!

IMG_5402

Também rolou um lenço de oncinha, que podia proteger a minha garganta (que não tava lá essas coisas) do ar condicionado da sala. E, ainda por cima, deu um charminho ao look, amarrada na alça de uma das bolsas!

Hoje eu tive aula no mestrado, mas acabei não fotografando o look porque saí correndo da aula direto pra Orthodontic – afinal, era preciso trocar os fios pra dar continuidade ao tratamento! Além disso, ainda tô meio lerda com o jet lag, que, combinado ao tempo chuvoso, tá me dando uma preguiça… e eu não posso ter preguiça, porque tenho um artigo pra entregar depois de amanhã, e não tô nem perto de terminar! #vidadifícil

  • Parka e saia: Farm
  • T-shirt: 284
  • Bolsas: Zatchels e Tommy Hilfiger
  • Slipper: Santa Lolla para C&A
  • Óculos: Forever 21

com jeito de 5 anos mais velha

O título deste post é a reprodução de uma das primeiras frases que hoje o meu amigo Aloisio falou pra mim. Assim como várias outras pessoas queridas e maravilhosas, ele protestou contra o fim desse blog, e é por causa de tantas manifestações de carinho, por causa de tanto incentivo, que eu decidi passar uma borracha na decisão de cancelar esse nosso espaço, e fazer o melhor possível pra mantê-lo sempre atualizado.

Na manhã de hoje, quando me fiz a pergunta “o que eu vou vestir?”, eu nem imaginava que ia acabar passando o dia quase todo na rua UFF. Quando deu tempo de almoçar, já era quase 15h, e eu tava com tanta fome que comi no Plaza mesmo, porque sabia que não ia aguentar esperar chegar em casa. E foi lá que o Aloisio fez a gentileza de fotografar o look que, segundo ele, me deixou com cara de 5 anos mais velha.

camisa jeans

Eu sou adepta do jeans e não nego. Pra não cair sempre na mesmice de usar calça jeans, de vez em quando eu escolho uma camisa jeans e combino com calça/short/saia colorida(o)! Acho que é uma opção bem legal pra manter o jeans no look, mas fugir do óbvio! Essa tem uma lavagem meio acid, e eu não consigo desistir dela, mesmo depois de alguns anos no meu armário!

calça burgundy

E já deu pra perceber que eu amo essa cor burgundy, né? Também deu pra ver que rolou um novo corte no cabelo? Tava ensaiando a aparada na juba há um tempo, mas tava com medo do resultado. Tomei coragem essa semana, e a Jô (beijo!) cortou fora uns 3 dedos do comprimento, mais um tantão de cabelo pra deixar repicado;  por enquanto tô gostando do resultado!

detalhes

Pros pés, escolhi o mocassim de oncinha, e tentei manter os acessórios todos seguindo as cores dessa padronagem.

IMG_5286

Aproveitei também pra buscar meu novo óculos de grau, que ficou pronto hoje. Eu tô amando demais essa armação nova, e quero mostrar logo pra todo mundo:

red eyeglasses

VERMELHO! ❤

  • Camisa jeans: Espaço Fashion
  • Calça burgundy: Farm
  • Cinto: herança da Mivó
  • Mocassim: Sollas
  • Bolsa: Zatchels
  • Pulseiras: Maria Filó, Farm, e Asos
  • Anéis: heranças da Mivó
  • Relógio: Casio
  • Óculos: Marc Jacobs

firme, forte, e com febre

Quem me acompanha nas redes sociais já ficou sabendo que ontem eu fiquei meio doente, e tive até febre (coisa que raramente acontece). Tô apostando que o fato de ter pego chuva no final de semana também contribuiu pra essa crise na minha saúde. Tudo o que eu queria era ficar quietinha na cama, vendo um filminho, lendo um livro… Mas hoje era dia de aula no mestrado, e faltar não era uma opção! O jeito, então, foi montar um look quentinho pra me proteger do ar condicionado da sala e dessas mudanças de temperatura malucas.

O problema era que tava um sol danado, que não pedia look com jeito de outono/inverno, embora a temperatura estivesse duvidosa. O que a gente faz nessas horas? Escolhe peças cheias de cor!

INEST

Instituto de Estudos Estratégicos – where the magic happens

Ganhei essa parka há umas semanas atrás (viva a mamãe que acha essas coisas maravilhosas e se compadece de mim ❤ ) e já estava louca pra usar. Achei que ela combinava com o sol que tava fazendo, e logo ela se tornou a peça chave pro look!

INEST

Pra combinar, escolhi essa saia de estampa floral, e uma blusinha de malha num dos tons da estampa da saia – que também mistura um tom de amarelo – pra deixar tudo um pouquinho mais harmonioso! O cachecol levinho também foi importante pra proteger a garganta, que não tá lá essas coisas.

INEST

o bueiro deu uma de estrela e não quis sair nessa foto.

Aí eu achei que tava tudo muito girlie demais, e eu não gosto de looks muito girlie. Gosto sempre de colocar pelo menos uma peça de mais peso pra equilibrar, e hoje escolhi essa botinha de cano curto com tachinhas. As botas de cano curto são as minhas substitutas imediatas do All Star de cano médio, escolha sempre óbvia do meu dia a dia.

INEST

e ficou registrado que horas saí da faculdade hoje!

Os outros acessórios complementaram o look discretamente, meio combinadinhos com a bota e a bolsa.

Um dos meus amiguinhos do mestrado levou hoje castanhas de caju originais do Norte do Brasil pro nosso lanchinho (porque guerra sem conforto é extermínio), e tava uma delícia! Pena que eu não consegui mastigar. Provei só uma e já foi o suficiente pra sentir que não ia rolar mastigar aquela maravilha. Fiquei #chatiada. Quando será que vou voltar a comer todas as porcarias coisas que eu gosto usando esse aparelho???

E hoje eu deveria ter ido lá pra Marina da Glória conferir os desfiles do Fashion Rio. Não preciso nem dizer que fiquei frustrada de ficar doente em plena semana de moda, né? Mas não tinha a menor condição de sair nessa noite de outono pra ver as modas ):

O jeito é dar uma fugidinha com você torcer pra melhorar logo pra acelerar os estudos!! Foco na tarefa!

  • Parka: Cantão
  • Blusa, saia e cachecol: Farm
  • Bolsa: Zatchels
  • Bota: Forever 21
  • Óculos escuros: Zero UV
  • Pulseiras: Maria Filó (caveirinha) e Farm
  • Relógio: Casio

voltando ao mestrado de aparelho

As aulas do mestrado recomeçaram e, na mesma semana, eu coloquei aparelho. De novo.

Como explico aqui, já usei aparelho antes, e coloquei de novo agora, aos 23 anos, pra corrigir algumas imperfeições que voltaram com o tempo.

Minha ortodontista (que eu amo!) disse que eu não necessariamente deveria colocar, mas que seria bom corrigir logo essas imperfeições antes que elas evoluíssem. Isso tudo porque eu não sei respirar direito pelo nariz (o que fica como assunto pra um próximo post), e, ao respirar pela boca, atrapalhei bastante do que se tinha consertado entre os meus 9 e 14 anos.

Numa rápida pesquisa, não achei nenhum site que falasse a fundo sobre a causa dos adultos (principalmente adultas) que usam aparelho e que buscam maneiras interessantes de compensar o ar adolescente desse “acessório”. Daí surgiu esse blog. Além de falar das dores que acompanham o tratamento ortodôntico, quero compartilhar com quem quiser acompanhar essa aventura o meu jeito de lidar (e driblar) com a nova aparência.

Pra voltar às aulas, escolhi um vestido que já foi pra algumas festas, e ao qual eu sou apegada demais pra deixar no fundo do armário esperando outras festas. Há um tempo ele já faz parte das minhas opções de roupas pro dia a dia, e tô achando legal começar o blog com ele, que já me acompanhou em tantas datas especiais.

Geralmente fica frio na sala de aula, então eu dificilmente vou pra aula sem um casaquinho. E, como eu sou apaixonada por parkas, já estou aproveitando esse clima outonal em Niterói pra passear com elas por aí.

  • Parka e pulseiras: Farm
  • Vestido: Forever 21
  • Tênis: Converse All Star
  • Bolsa: Zatchels
  • Óculos: Zero UV
  • Cinto: do armário da mamãe
  • Relógio: Casio