Arquivo da tag: parka

diário de viagens: Anaheim & San Diego

Pra continuar com a nossa história da Califórnia, vou contar pra vocês dos dias que passamos em Anaheim e San Diego!

Anaheim está a cerca de meia hora de Los Angeles, e a verdade é que não é fundamental ficar em um hotel por lá se você quer conhecer a Disneyland; dá tranquilamente pra ir e voltar dos parques da Disney ficando hospedado em LA. Só que eu sou SUPER DISNEY FREAK (mais sobre isso em um post futuro nesta mesma categoria!) e queria aproveitar ao máximo o complexo onde toda a magia Disney começou a se tornar realidade, então foi comum acordo que ficássemos 2 dias por lá! Pra gente, isso foi vantajoso porque 1) não precisávamos enfrentar o trânsito caótico de LA depois de cansar o dia inteiro nos parques, e 2) quando o Felipe ficou cansado demais da maratona de parques temáticos deu pra voltar pro hotel rapidinho pra tirar uma sonequinha. Escolhemos o Hilton Anaheim Convention Center pra essa etapa da viagem, que tem um Starbucks dentro e shuttle pros parques!

tô usando: tricot Farm e camisa xadrez H&M

tô usando: tricot Farm e camisa xadrez H&M

A Disney da Califórnia se resume a 2 parques: a Disneyland – onde tudo começou – e o Disney California Adventure. Entre os dois parques, fica o acesso à área de Downtown Disney, com restaurantes diversos, muitas lojas (tem até Sephora!) e também cinemas. Nós demos sorte e fomos pra lá justo no dia em que os parques ficariam abertos por 24h seguidas, dando início ao Monstruous Summer (ação pra promover o Monsters University). Ok, até que ponto foi sorte é discutível, já que os parques ficaram bem mais cheios do que o esperado.

paradise pier

todo mundo reparou que o Mike tá DE APARELHO em Monsters University?

No primeiro dia, fomos pro Disney California Adventure, que tem uma área inteira temática do filme “Carros”, chamada Cars Land, e o Paradise Pier, com roda gigante e tudo mais o que um píer californiano tem direito. Meus brinquedos favoritos foram, certamente, a Torre do Terror (eu adoro, eu me amarro!), o Toy Story Mania! (amor eterno, amor verdadeiro!), e as montanhas russas California Screamin’ e Radiator Springs Racers!

tô usando: blusa comprada no parque, legging Farm, tênis Converse All Star para Bo.Bô

tô usando: blusa comprada no parque, legging Farm, tênis Converse All Star para Bo.Bô, óculos Ray Ban

De noite, rola no Paradise Pier o show World of Color, mas a gente (aka eu) optou por assistir ao Magical, o show de fogos da Disneyland. Nosso ingresso era o Park Hopper de 2 dias, então estávamos tranquilos quanto ao horário e mudança de parques. Eu não sei descrever a emoção de ver a Disneyland de noite. É linda demais! Aliás, todos os parques temáticos que já visitei parecem ganhar uma magia a mais de noite…

Como a Disney tava aberta por 24 horas, ainda demos uma passadinha em Downtown Disney nesse dia antes de voltar pro hotel pra visitar a World of Disney, loja que reúne muita muita muita merchandise dos parques e que me enlouquece. 

a Letícia pira!

a Letícia pira!

O segundo dia foi dedicado só à Disneyland, e eu fiquei (de novo) super emocionada nesse parque, porque foi nele que o Walt Disney deu início a tudo o que me encanta nesse mundo. Pra completar a emoção, em frente à estátua “Partners” do Walt Disney com o Mickey na frente do castelo da Bela Adormecida, foi colocada uma placa onde se registra o dia do centenário do Walt Disney, o mesmo dia em que eu completei 12 anos de vida. Pois é, eu e Walt nascemos no dia 05 de dezembro! E isso explica muita coisa!

tô usando: blusa comprada no parque, short Dress To, cinto Santa Lolla para C&A, parka Espaço Fashion amarrada na cintura

tô usando: blusa comprada no parque, short Dress To, cinto Santa Lolla para C&A, parka Espaço Fashion amarrada na cintura

O parque estava muito cheio (ai, sábados), e já tínhamos ido aos clássicos Piratas do Caribe, Splash Mountain, e Space Mountain. De fato, já tínhamos conhecido o parque todo (o que é muito diferente de ir a todos os brinquedos), passando por todas as “lands” que o Walt Disney planejou. Adorei Toontown, onde ficam as casas de Minnie e Mickey! E a Minnie tava por lá tomando chá! Uma fofa ❤ Enfim. Como o sol tava muito forte e já estávamos cansados, o Felipe me convenceu a descansar um pouco no hotel (eu ficaria mais no parque, mas já passei da fase de gostar de curtir os parques sozinha).

Disney smile (:

Disney smile (:

Depois do descanso, fomos jantar no Downtown Disney. Recomendo o Napolini, que oferece massas maravilhosas e uma carta de vinhos bacana.

tô usando: jaqueta TopShop, camisa Espaço Fashion, bolsa Prada, jeans Lucky Brand

tô usando: jaqueta TopShop, camisa Espaço Fashion, bolsa Prada, jeans Lucky Brand, e o óculos de grau Marc Jacobs

Depois da janta, voltamos pra Disneyland, para noooossa alegriiiia! E aí andamos nos brinquedos que faltavam: a Matterhorn e o simulador Star Tours. A gente ia também no brinquedo Indiana Jones Adventure, mas eu tenho fobia de um certo animal que aparece na decoração do brinquedo, e aí eu resolvi que não queria ir de jeito nenhum, porque já era tarde da noite e fiquei com medo de ter pesadelo (#soudessas). Daí aproveitamos e assistimos o Fantasmic!, que é igual ao que acontece no Disney’s Hollywood Studios em Orlando, e que eu amo de paixão. O Fantasmic! mistura pirotecnia e jogo de águas com projeção de imagens, e eu fico sorrindo e com vontade de dançar só de lembrar da musiquinha que embala o espetáculo.

tá vendo aquela lua que brilha lá no céu?  HE HE HE

tá vendo aquela lua que brilha lá no céu?

Eu não queria sair mais de Anaheim de jeito nenhum! Mas era hora de seguir viagem e aproveitar San Diego! Depois de cerca de 1h40 de viagem de carro – e uma parada esperta em um dos view points na Pacific Highway pra observar a imensidão do Oceano Pacífico – chegamos na cidade.

in the biiiiig blue wooooorld

in the biiiiig blue wooooorld

San Diego era o único lugar onde não tínhamos muita certeza do que faríamos. E foi ótimo! As surpresas começaram com o hotel: sem querer, escolhemos um hotel da rede Ramada que manteve todas as características de quando foi construído na década de 60! Ok, nem todas as características, já que as suas instalações atendem aos padrões mínimos de uma cadeia internacional – mas não ao ponto de perder o seu arzinho vintage.

Um dos lugares que tentamos visitar foi o San Diego Chargers Qualcomm Stadium, já que o Felipe é fã de futebol americano. Mas demos com a cara na porta, já que estava fechado por conta do feriado.

chargers

Pois é. Coincidentemente, chegamos em San Diego num final de semana de  feriado: o Memorial Day! Daí tinha muita coisa fechada e a gente não sabia direito o que fazer. Resolvemos ir pra San Diego Harbor e andar sem rumo.

lugar delícia pra passar o dia! dá pra alugar bicicleta, almoçar olhando a baía...

lugar delícia pra passar o dia! dá pra alugar bicicleta, almoçar olhando a baía…

Foi uma grata surpresa descobrirmos por lá um porta aviões  (o USS Midway) que serve de museu e fica aberto à visitação! Logo quis visitar, porque achei oportunidade única! 

uss midway 01

uss midway 05

uss midway 04

Nem vi direito o tempo passar enquanto estávamos lá. Tinha tantos aviões pra ver, veteranos de guerra pra conversar, informações pra obter… e o dia tava lindo demais!

uss midway 02

uss midway 06

uss midway 03

uss midway 07

Do lado do USS Midway, fica uma escultura ENORME reproduzindo aquele beijo que ficou famoso no mundo inteiro quando a Segunda Guerra Mundial teve fim. Chamada Unconditional Surrender, a escultura não é em p&b, mas nas cores que seriam os uniformes do marinheiro e da enfermeira que protagonizaram a cena. Perdi a conta de quantos casais vimos tentando reproduzir a cena pra tirar fotos!

tô usando: chapéu Kate Spade, vestido Forever 21, tênis Converse All Star para Bo.Bô

tô usando: chapéu Kate Spade, vestido Forever 21, bolsa Prada, tênis Converse All Star para Bo.Bô

Ali pertinho de San Diego Harbor, fica o centro histórico da cidade, cheio de bons restaurantes! E, falando em comida, essa foi provavelmente a etapa mais gorda da viagem: fomos ao Applebee’s, ao Cheesecake Factory, e até no IHOP (International House Of Pancakes)! E, é claro, descobrimos também uns cantinhos de comida japonesa muito gostosos (será que é assim por toda a Califórnia?).

GORDURA! <3

GORDURA! ❤

Ah! E pra quem quiser fazer compras em San Diego, recomendo o Fashion Valley. É um shopping a céu aberto, com lojas pra todos os gostos e bolsos!

No próximo post sobre essa viagem, a última etapa da nossa road trip: Las Vegas!

Anúncios

camuflada

Que eu amo o militarismo, todo mundo já sabe. Acho que não tem trend que me emocione mais do que essa, e eu sempre acabo me rendendo a um look militarizado – seja nas cores, nas referências das peças, ou mesmo na estamparia camuflada.

Tinha esquecido que tinha fotografado esse look pra mostrar pra vocês. Ops! Pra uma das aulas do mestrado antes de viajar, eu vesti o militarismo mais uma vez. E fui vestindo a cavalaria, usando uma camuflagem especial!

camuflada

Eu peguei um amor por essa estampa que vocês não tem ideia. Ou melhor, dá pra ter uma ideia, já que, como esse look do dia registra, eu comprei saia e paria da mesma estampa! E ainda por cima usei de conjuntinho!!

IMG_5417

Eu usei também duas bolsas, de tanto material que tive que carregar. E escolhi duas bolsinhas que vocês já conhecem de outros looks, e que combinam entre si!

IMG_5416

Pra não ficar monocromático e/ou monotemático, escolhi esse slipper. Acho que verde e burgundy combinam muito! Adoro misturar essas duas cores!

IMG_5402

Também rolou um lenço de oncinha, que podia proteger a minha garganta (que não tava lá essas coisas) do ar condicionado da sala. E, ainda por cima, deu um charminho ao look, amarrada na alça de uma das bolsas!

Hoje eu tive aula no mestrado, mas acabei não fotografando o look porque saí correndo da aula direto pra Orthodontic – afinal, era preciso trocar os fios pra dar continuidade ao tratamento! Além disso, ainda tô meio lerda com o jet lag, que, combinado ao tempo chuvoso, tá me dando uma preguiça… e eu não posso ter preguiça, porque tenho um artigo pra entregar depois de amanhã, e não tô nem perto de terminar! #vidadifícil

  • Parka e saia: Farm
  • T-shirt: 284
  • Bolsas: Zatchels e Tommy Hilfiger
  • Slipper: Santa Lolla para C&A
  • Óculos: Forever 21

na pré-estréia do Homem de Ferro 3

Esse post tem que começar com uma pequena historinha.

Era uma vez uma mocinha que é apaixonada por histórias em quadrinhos, principalmente de super heróis, principalmente do Homem de Ferro. Ela estava muito animada para ver o 3º filme do seu herói favorito no cinema, e já tinha até comprado, há meses atrás, numa viagem, um blusão especial para a ocasião. A tal mocinha vinha pedindo há vários dias aos seus amiguinhos que a acompanhassem na pré-estréia  do dito filme, mas seus amiguinhos a enrolaram bastante, e ela já estava desesperançosa, convencida de que só veria o tal filme alguns dias depois da estréia. No dia que antecedia a pré-estréia, ela ainda tentou por horas falar com seus amiguinhos pra tentar ir na tal sessão da meia noite. Como não teve sucesso e estava cansada, lá pelas tantas tirou as lentes de contato, vestiu o pijama, e já ia ler algum livro antes de ver a novela e dormir.

Aí eis que os amiguinhos resolvem retornar as ligações feitas e todo mundo resolveu ir pro cinema. EEEEE!

Compramos os ingressos pela internet, e era só trocar de roupa e ir pro shopping esperar a hora do filme. Mas aí eu 1) já tava de pijama, 2) já tava morrendo de preguiça, 3) já tinha usado lente o dia inteiro e não ia colocar de novo pra não irritar mais os olhos.

Eu devo admitir que a lógica que guiou o look foi o conforto (ou a continuação do pijama, se preferir). E, já que eu morro de frio no cinema, tinha que ficar quentinha, é claro. O look geek preguiçoso foi inevitável.

iron man

Mas ser preguiçoso não precisa ser largado! A esperança fashion é a última que morre. Então combinei o blusão do Homem de Ferro (alguém tinha dúvida de que ela seria a estrela do look? <3) com legging de oncinha e botinha de cano curto (aquela que já apareceu aqui). A legging de oncinha deixou a coisa menos tomboy e mais perua feminina! E, já que eu tava assumindo (quase) tudo de geek que há dentro de mim, me pareceu adequado usar os óculos de aro grosso.

Iron Man

daí pra frente só tirei foto palhaçada. reparem.

Dentro da sala de projeção, entrou em cena (hã? hã?) a parka (que também já apareceu aqui!)! Não preciso dizer o quanto tô apaixonada por ela, né?

Iron Man

eu avisei!

Achei que, ao combinar a botinha com a bolsa, consegui chegar mais perto de atingir esse equilíbrio entre o geek e o fashion, e não fiquei parecendo simplesmente uma maluca. A bolsa foi obviamente escolhida pra deixar tudo com jeitinho mais classy, e o batom vermelho é aliado quase sempre certo dos óculos de aro grosso. Ok, chama atenção pro aparelho, mas fazer o quê, né?

Iron Man

Dá pra ver como as peças conversam entre si e tudo acabou ficando harmonioso?

O filme é incrível, eu amei, e dei até pulos da poltrona de susto em alguns momentos. Achei melhor do que Homem de Ferro 2, mas o primeiro continua sendo o melhor, sem dúvida.

E, por favor, fiquem até depois dos créditos. Tem uma cena genial que fez todo mundo rolar de rir. Confiem em mim.

Ah! Claro! Obrigada aos amiguinhos que me acompanharam na projeção cinematográfica deste filme sensacional e moram no meu coração!

  • Parka: Cantão
  • Blusão: Forever 21
  • Legging: Farm
  • Botinha: Converse All Star
  • Bolsa: Louis Vuitton
  • Óculos: Ray Ban
  • Batom: Ruby Woo

firme, forte, e com febre

Quem me acompanha nas redes sociais já ficou sabendo que ontem eu fiquei meio doente, e tive até febre (coisa que raramente acontece). Tô apostando que o fato de ter pego chuva no final de semana também contribuiu pra essa crise na minha saúde. Tudo o que eu queria era ficar quietinha na cama, vendo um filminho, lendo um livro… Mas hoje era dia de aula no mestrado, e faltar não era uma opção! O jeito, então, foi montar um look quentinho pra me proteger do ar condicionado da sala e dessas mudanças de temperatura malucas.

O problema era que tava um sol danado, que não pedia look com jeito de outono/inverno, embora a temperatura estivesse duvidosa. O que a gente faz nessas horas? Escolhe peças cheias de cor!

INEST

Instituto de Estudos Estratégicos – where the magic happens

Ganhei essa parka há umas semanas atrás (viva a mamãe que acha essas coisas maravilhosas e se compadece de mim ❤ ) e já estava louca pra usar. Achei que ela combinava com o sol que tava fazendo, e logo ela se tornou a peça chave pro look!

INEST

Pra combinar, escolhi essa saia de estampa floral, e uma blusinha de malha num dos tons da estampa da saia – que também mistura um tom de amarelo – pra deixar tudo um pouquinho mais harmonioso! O cachecol levinho também foi importante pra proteger a garganta, que não tá lá essas coisas.

INEST

o bueiro deu uma de estrela e não quis sair nessa foto.

Aí eu achei que tava tudo muito girlie demais, e eu não gosto de looks muito girlie. Gosto sempre de colocar pelo menos uma peça de mais peso pra equilibrar, e hoje escolhi essa botinha de cano curto com tachinhas. As botas de cano curto são as minhas substitutas imediatas do All Star de cano médio, escolha sempre óbvia do meu dia a dia.

INEST

e ficou registrado que horas saí da faculdade hoje!

Os outros acessórios complementaram o look discretamente, meio combinadinhos com a bota e a bolsa.

Um dos meus amiguinhos do mestrado levou hoje castanhas de caju originais do Norte do Brasil pro nosso lanchinho (porque guerra sem conforto é extermínio), e tava uma delícia! Pena que eu não consegui mastigar. Provei só uma e já foi o suficiente pra sentir que não ia rolar mastigar aquela maravilha. Fiquei #chatiada. Quando será que vou voltar a comer todas as porcarias coisas que eu gosto usando esse aparelho???

E hoje eu deveria ter ido lá pra Marina da Glória conferir os desfiles do Fashion Rio. Não preciso nem dizer que fiquei frustrada de ficar doente em plena semana de moda, né? Mas não tinha a menor condição de sair nessa noite de outono pra ver as modas ):

O jeito é dar uma fugidinha com você torcer pra melhorar logo pra acelerar os estudos!! Foco na tarefa!

  • Parka: Cantão
  • Blusa, saia e cachecol: Farm
  • Bolsa: Zatchels
  • Bota: Forever 21
  • Óculos escuros: Zero UV
  • Pulseiras: Maria Filó (caveirinha) e Farm
  • Relógio: Casio

voltando ao mestrado de aparelho

As aulas do mestrado recomeçaram e, na mesma semana, eu coloquei aparelho. De novo.

Como explico aqui, já usei aparelho antes, e coloquei de novo agora, aos 23 anos, pra corrigir algumas imperfeições que voltaram com o tempo.

Minha ortodontista (que eu amo!) disse que eu não necessariamente deveria colocar, mas que seria bom corrigir logo essas imperfeições antes que elas evoluíssem. Isso tudo porque eu não sei respirar direito pelo nariz (o que fica como assunto pra um próximo post), e, ao respirar pela boca, atrapalhei bastante do que se tinha consertado entre os meus 9 e 14 anos.

Numa rápida pesquisa, não achei nenhum site que falasse a fundo sobre a causa dos adultos (principalmente adultas) que usam aparelho e que buscam maneiras interessantes de compensar o ar adolescente desse “acessório”. Daí surgiu esse blog. Além de falar das dores que acompanham o tratamento ortodôntico, quero compartilhar com quem quiser acompanhar essa aventura o meu jeito de lidar (e driblar) com a nova aparência.

Pra voltar às aulas, escolhi um vestido que já foi pra algumas festas, e ao qual eu sou apegada demais pra deixar no fundo do armário esperando outras festas. Há um tempo ele já faz parte das minhas opções de roupas pro dia a dia, e tô achando legal começar o blog com ele, que já me acompanhou em tantas datas especiais.

Geralmente fica frio na sala de aula, então eu dificilmente vou pra aula sem um casaquinho. E, como eu sou apaixonada por parkas, já estou aproveitando esse clima outonal em Niterói pra passear com elas por aí.

  • Parka e pulseiras: Farm
  • Vestido: Forever 21
  • Tênis: Converse All Star
  • Bolsa: Zatchels
  • Óculos: Zero UV
  • Cinto: do armário da mamãe
  • Relógio: Casio