Arquivo da tag: acessórios

iPhone 5s e iPhone 5c no Brasil

Na última sexta feira (22/novembro) os novos modelos de iPhone começaram a ser comercializados oficialmente no Brasil, tanto pela Apple Store quanto pelas operadoras de telefonia móvel (Oi, Tim, Vivo, Claro) e também por grandes lojas como Saraiva, FNAC, Fast Shop, entre outras. Mesmo com os preços altos (o iPhone 5c desbloqueado mais simples custa R$1.999 e o iPhone 5s desbloqueado mais simples custa R$2.799), a primeira leva dos aparelhos já estão esgotados em muitas dessas lojas online, bem como em algumas lojas físicas.

A verdade é que os ~applemaníacos~ não resistem a uma novidade, e a gente pira logo nos lançamentos. Mas quais são as diferenças desses modelos em relação aos seus anteriores?!

iPhone 4s

Captura de Tela 2013-11-25 às 20.41.47

  • O modelo mais antigo entre os comercializados pela Apple, disponível nas cores preto e branco.
  • Entre os três, ele é o mais “gordinho” (9,3mm) e com a tela menor (3,5 polegadas), e pesa 140 gramas.
  • Resolução da tela: 960 x 640 pixels, 326 ppi; a proporção de contraste é de 800:1; o brilho máximo é de 500 cd/m2.
  • A câmera iSight tem resolução de 8 megapixels, com abertura ƒ/2.4, um flash LED, sensor de retroiluminação e foco automático, e opções de fotos panorâmicas. Além disso, grava vídeos em HD com 1080p. A câmera frontal tem resolução VGA.
  • O tempo de conversação em 3G é de até 8h; o tempo de espera é de até 200h; o tempo para uso da internet em 3G é de até 6h e, no WiFi, até 9h. Reproduz vídeos por até 10h, e músicas por até 40h.
  • Conexão de 30 pinos para USB com carregador.
  • O que eu tenho a dizer sobre o iPhone 4s: é o que eu tenho desde janeiro de 2012, e eu gosto bastante dele. Senti muita diferença quando comprei, já que usava, antes, um iPhone 3G – e do 3G pro 4s é um pulo imenso.

iPhone 5c

Captura de Tela 2013-11-25 às 20.54.27

  • São cinco cores disponíveis (branco, rosa, amarelo, azul, verde) em modelos de 16GB ou 32GB.
  • Tem 8,97mm de espessura, com uma tela retina de 4 polegadas, e pesa 132 gramas.
  • Resolução de tela: 1136 x 640 pixels, 326 ppi; a proporção de contraste também é de 800:1; o brilho máximo também é de 500 cd/m2.
  • A câmera iSight tem resolução de 8 megapixels, com abertura ƒ/2.4 e lente de cristal safira, um flash LED, sensor de retroiluminação e foco automático, e opções de fotos panorâmicas. Além disso, grava vídeos em HD com 1080p, e é possível tirar fotos enquanto se grava um vídeo. A câmera frontal tem resolução 1,2 megapixels, e é possível gravar vídeo HD de 720p.
  • O tempo de conversação em 3G é de até 10h; o tempo de espera é de até 250h; o tempo para uso da internet em 3G é de até 8h e, no WiFi, até 10h. Promete reproduzir vídeos por até 10h, e músicas por até 40h.
  • Conexão “lightning” (8 pinos) para USB com carregador, e o iPhone 5c vem com os fones do tipo EarPods.
  • O que eu tenho a dizer sobre o iPhone 5c: quando foi lançado, eu detestei essa ideia das cores. Mas vi um ao vivo na sexta passada e não achei tão feio quanto pensava. Mesmo assim, eu ainda não me acostumei com a ideia de iPhones coloridos.

iPhone 5s

Captura de Tela 2013-11-25 às 21.09.48

  • Disponível nas cores cinza espacial (aka preto), dourado e prateado (aka branco), em versões de 16GB, 32GB, e 64GB.
  • É o mais fino dos três: 7,6mm de espessura. E é o mais leve também: pesa só 112 gramas.
  • Tem chip A7 de 64bits, e coprocessador de movimento M7.
  • É o único modelo com Touch ID, um sensor de impressão digital integrado ao botão de início.
  • A tela de retina de 4 polegadas tem resolução de 1136 x 640 pixels, com 326 ppi. A proporção de contraste também é de 800:1; o brilho máximo também é de 500 cd/m2.
  • A câmera iSight tem resolução de 8 megapixels, com abertura ƒ/2.4 e lente de cristal safira, um flash True Tone, sensor de retroiluminação e foco automático, e opções de fotos panorâmicas. Tem também estabilizador automático de imagem, e modo contínuo. Além disso, grava vídeos em HD com 1080p, com zoom de 3x, e é possível tirar fotos enquanto se grava um vídeo. A câmera frontal tem resolução 1,2 megapixels com sensor de retroiluminação, e é possível gravar vídeo HD de 720p.
  • O tempo de conversação em 3G é de até 10h; o tempo de espera é de até 250h; o tempo para uso da internet em 3G é de até 8h e, no WiFi, até 10h. Promete reproduzir vídeos por até 10h, e músicas por até 40h.
  • Conexão “lightning” (8 pinos) para USB com carregador, e o iPhone 5s também vem com os fones do tipo EarPods.
  • O que eu tenho a dizer sobre o iPhone 5s: esse, sim, mexeu com o meu coração. O design dele, pouco (ou nada?!) diferente do iPhone 5, faz meus olhos brilharem. Na verdade, as mudanças do iPhone 5 pro iPhone 5s foram bem poucas. Gosto mesmo é do preto (não consigo chamar essa cor de ~cinza espacial~) – como sempre -, mas ainda acho que o dourado é menos pior do que o prateado (eu sempre detestei organicamente iPhone branco/prateado). Embora eu ainda não me sinta 100% segura de usá-la em um aparelho que pode ser roubado (sejamos realistas), acho o Touch ID um recurso muito interessante.

A Apple também investiu em capinhas próprias para os modelos 5c e 5s. Para iPhone 5c, as capinhas custam R$139 e, para o iPhone 5s, custam R$189. Ainda não vi nenhuma dessas capinhas de perto, mas achei as do 5s ótimas, enquanto as do 5c me dão nervoso por motivos de elas são ~furadinhas~.

Captura de Tela 2013-11-25 às 21.21.30

capinhas para iPhone 5s

Captura de Tela 2013-11-25 às 21.22.14

capinhas para iPhone 5c. entendo que elas são furadinhas pra deixar a cor do iPhone aparecer, mas me dá muito nervoso porque eu acho que o iPhone pode ser arranhado através desses buraquinhos. (neurótica)

Alguém aí já comprou algum dos modelos novos? Vocês também ficam doidinhos com os lançamentos da Apple? Ou vocês passam longe dos aparelhos da ~maçãzinha~? Conta pra gente!

*Vale lembrar que o iPhone 5 parou de ser produzido/vendido pela Apple, sendo substituído pelos dois novos modelos.

roupa com estampa de gibi: IRON MAN

Com a proximidade da estréia da sequência de Thor, já comecei a pensar num look adequado pra ocasião. Sim, há de se pensar no look que se usa pra pré-estréia ou estréia de um filme geek!!

Aí lembrei desse look que usei nesse ano, quando fui na pré-estréia de Homem de Ferro 3, e resolvi mostrar pra vocês aqui, servindo também de inspiração pra filmes futuros. Vingador por Vingador, o Homem de Ferro é o meu favorito, e eu comprei esse moletom na Forever21 em uma das minhas últimas viagens pros EUA. É lógico que ele tinha que ser usado na pré-estréia do filme, né.

Eu devo admitir que a lógica que guiou o look foi o conforto. Eu estava usando aparelho, e era todo um drama na minha vida pra me vestir sem parecer uma criança de 13 anos e ainda me manter fiel ao meu estilo. Tenhamos em mente também que era abril e, já que eu morro de frio no cinema, tinha que ficar super quentinha, é claro. O look geek preguiçoso foi inevitável.

IMG_5160

Mas ser preguiçoso não precisa ser largado! A esperança fashion é a última que morre. Então combinei a blusa de moletom do Homem de Ferro com legging de oncinha da Farm e botinha de cano curto da Converse. A legging de oncinha deixou a coisa menos tomboy e mais perua feminina! E, já que eu tava assumindo tudo de geek que há dentro de mim, me pareceu adequado usar os óculos de aro grosso ray Ban (o que foi ótimo, já que a sessão era de madrugada e eu já tinha usado lente o dia inteiro e meu olho tava cansado #dramas).

oi, eu sou a Letícia, e eu não sei tirar foto.

oi, eu sou a Letícia, e eu não sei tirar foto.

Dentro da sala de projeção, entrou em cena (hã? hã?) a parka da Cantão que é xodó do meu guarda roupa, e foi uma das minhas compras favoritas do outono/inverno 2013.

IMG_5163

ataque de palhacite.

Achei que, ao combinar a botinha com a bolsa, consegui chegar mais perto de atingir esse equilíbrio entre o geek e o fashion. A bolsa Louis Vuitton foi obviamente escolhida pra deixar tudo com jeitinho mais classy, e o batom vermelho (esse é o Ruby Woo, da MAC!) é aliado quase sempre certo dos óculos de aro grosso. Sem contar que um batom vermelho resolve questões de maquiagem com uma eficiência incrível, é um truque muito bom pra quem quer ficar biita sem gastar muito tempo na frente do espelho.

Dá pra ver como as peças conversam entre si e tudo acabou ficando harmonioso? Vou tentar repetir a dose pro look pra ver Thor essa semana!

Helena Bordon apresentando Roberto Cavalli para C&A

Já contei pra vocês que segunda feira foi um dia bem zoado na minha vida, né. Pois é. Como nem tudo é tão ruim assim, eu tive a grata surpresa de me deparar com a Helena Bordon apresentando a coleção do Roberto Cavalli para a C&A no Park Shopping aqui de Brasília. A blogueira é a embaixadora da Collection Cavalli para C&A e passou por três cidades brasileiras (Salvador, Rio de Janeiro e Brasília) para mostrar um preview da coleção para a loja fast fashion, coleção esta que será formada por 56 peças.

Pois é, eu fui dar uma volta despretensiosa no shopping na segunda de manhã, com um vestidinho e uma rasteirinha, sem pentear o cabelo e sem maquiagem, e, quando vi, tava sentada na C&A tomando bons drink refrigerante e comendo canapé enquanto esperava Helena Bordon, aquela boneca, começar a falar sobre a coleção, que será lançada no dia 05 de novembro nas lojas.

encarte com lookbook da coleção

encarte com lookbook da coleção

É claro que, numa segunda feira em que tudo estava dando errado, eu não fazia ideia de que ia acabar participando desse evento no shopping. Se eu soubesse, teria levado a câmera DSLR (que incrivelmente veio para Brasília) pra tirar fotos boas pro blog. No mínimo, eu teria carregado a bateria do iPhone pra tirar fotos com uma qualidade ok. Ou eu teria levado a bateria extra. Mas, não. O iPhone com a câmera melhor resolveu ficar sem bateria logo que a Helena começou a falar sobre as suas peças favoritas, eu esqueci a bateria extra em casa, e a ~sorte~ foi que o outro iPhone (mais velho e com câmera infinitamente pior) tava com bateria.

Helena Bordon apenas sendo linda.

Helena Bordon apenas sendo linda na única foto que consegui tirar com o iPhone que tem uma câmera razoável.

Ou seja: temos várias fotos, mas não são as melhores do mundo. Vocês me perdoam?

IMG_1817

Helena conversou por um tempo com os presentes sobre a coleção, vestindo um longo em animal print de seda (que vai custar R$799,90), e com acessórios também da coleção. Sim, não esperem padrão C&A nos preços dessa Collection. Pelo que deu pra ver nesse preview, as peças estão mais caras, mas o acabamento é impecável. A coleção tem peças que poderiam facilmente estar numa loja Cavalli – o DNA do estilista está mesmo todo ali. Todas as peças são de seda pura, jersey de seda, cotton alfaiataria e cotton satin, que foram escolhidos a dedo pelo estilista.

Acho que vale a pena falar um pouco sobre Roberto Cavalli, né? Pra quem não o conhece, o estilista italiano apresentou a sua primeira coleção prêt-à-porter aos 30 anos, e inaugurou a sua primeira boutique em Saint Trôpez em 1972. O estilista desenha diversas linhas de roupas e acessórios, e, para roupas femininas, preza por modelos que valorizem o corpo da mulher, fazendo com que ela se sinta mais sexy e poderosa. Nas suas coleções, o animal print está sempre presente nas suas araras.

Seria possível resumir o lifestyle da mulher Cavalli assim: ela é independente, abusa do animal print e adora looks poderosos; ela usa dourado sem medo, e é sexy sem ser vulgar.

IMG_1821

Na C&A do Park Shopping, a it girl brasileira que circula com frequência as rodas internacionais da moda e é constantemente clicada pelos blogs gringos de street style com looks mais do que inspiradores, contou que o estilista cuidou de cada peça que compõe a coleção, preocupando-se não só com o acabamento e com os tecidos usados, mas também buscando desenhar peças que sejam adequadas ao corpo das brasileiras. Helena ainda mostrou algumas combinações entre as peças da coleção:

vestido preto + blazer animal print p&b + bolsa na mesma padronagem

vestido preto + blazer animal print p&b + bolsa na mesma padronagem

blazer preto + camisa animal print. acho chique.

blazer preto + camisa animal print. acho chique.

blusa rosa + short alfaiataria com animal print azul. eu usaria!

blusa rosa + short alfaiataria com animal print azul. eu usaria!

Helena Bordon também destacou dois looks como os seus favoritos – segundo ela, os que ela levaria pro seu próprio armário: um vestido de seda muso em animal print azul, e um conjuntinho de calça pantalona e blusa também em animal print, mas com padronagem em p&b.

quero já esse vestido muso na minha vida, com um sapato poderoso e uma bolsa linda pra uma festa, e pro dia a dia com uma rasteirinha simples

quero já esse vestido muso na minha vida, com um sapato poderoso e uma bolsa linda pra uma festa, e pro dia a dia com uma rasteirinha simples

IMG_1813

Ela também mostrou pra gente os acessórios e os sapatos desenhados por Cavalli para C&A. Deu pra ver que o azul e o vermelho vem com força pra essa mini coleção, todos com riqueza de detalhes. As aplicações em pedraria e os detalhes dourados deixaram as peças bem luxuosas, e eu acho que a mulherada vai pirar quando a coleção chegar nas lojas.

mesa de acessórios: bolsas e sapatos em cores fortes e com animal print!

dicas da Helena pros acessórios: não ter medo de ousar!

dicas da Helena pros acessórios: não ter medo de ousar!

IMG_1829

Depois da apresentação, tirei foto mais de perto das araras com as roupas:

IMG_1822

animal print p&b: duas tendências em uma só estampa

animal print p&b: duas tendências em uma só estampa

essa oncinha azul mexeu comigo <3

essa oncinha azul mexeu comigo ❤

IMG_1828

Não é de hoje que a C&A tem buscado inovar seu papel no mercado, atraindo novos consumidores e investindo em coleções que trazem o DNA de marcas renomadas. Eu mesma passei a prestar mais atenção na marca desde a sua primeira parceria com a Espaço Fashion, ainda em 2010 (eu tenho um coturno da coleção que é meu xodó e eu uso muito até hoje). De lá pra cá, vimos parcerias com a Maria Filó, com a Maria Bonita Extra, com a Mixed, com a Santa Lolla, e muitas outras marcas queridinhas por gente que muito provavelmente nunca tinha posto os pés numa loja da rede antes de saber dessas parcerias. Para firmar-se no mercado brasileiro como fast fashion, e não apenas como loja de departamento com roupas low cost, tenho visto cada vez mais uma C&A preocupada com o design e com o acabamento das suas roupas – e isso só traz ganhos ao consumidor.

É claro que a coleção de Cavalli não tem o preço padrão C&A, mas as peças também não se encaixam nesse padrão: os tecidos tem qualidade superior ao que estamos acostumados a ver nas araras das lojas, e até mesmo os vestidos de jersey prometem vestir os corpos das brasileiras sem deixar nada fora do lugar, destacando o que temos de melhor. As peças de seda tem o toque macio, as peças de alfaiataria tem corte impecável. Eu confesso que estou ansiosa pra poder provar as peças da coleção pra ver como ficam no meu corpo – e, quem sabe, arrematar mesmo o vestido azul de animal print pra morar no meu armário.

No mais, foi uma grata surpresa ver Helena Bordon de pertinho. Não sei se deu pra notar ao longo do post, mas ela é, pra mim, uma grande referência de estilo. Foi bem legal vê-la de perto falando sobre uma coleção que será razoavelmente acessível à todas as brasileiras e fazendo combinações bacanas entre as peças que estarão à venda.