Trilhas sonoras de games

Uma boa trilha sonora faz a diferença. Em filmes isso é bastante claro. Senhor dos Anéis, do Peter Jackson, dificilmente seria tão épico sem a fantástica trilha composta por Howard Shore.

Nos videogames, não é diferente. Uma boa trilha nos indica perfeitamente o tom que o jogo está querendo transmitir naquele momento. Considerando os games enquanto uma forma de arte interativa, onde precisa-se de uma participação ativa – e não contemplativa – do jogador, uma música bem casada faz toda a diferença na experiência e imersão.

Peguemos o exemplo da série Resident Evil. Trabalhando com uma temática mais sombria, o jogo foi um dos pilares do terror nos videogames. E sua trilha não ficava para trás. Para quem é fã da série, ouvir essa música gera uma sensação de alívio e segurança, pois era dos únicos momentos do jogo onde estávamos, de fato, a salvo da horda de zumbis.

Pensando nisso, selecionei 5 indicações de trilhas sonoras de games que são, na minha opinião, marcantes. A escolha é totalmente pessoal e sei que existem trilhas muito melhores, mas fica de dica para quem quiser se aventurar nesse particular mundo musical.

Shadow of the Colossus: Roar of the Earth

Shadow of the Colossus, na minha humilde opinião, foi o melhor jogo da geração 128 bits e um dos 10 melhores jogos já feitos em toda a história dos videogames.

Partindo de uma premissa bastante simples – você tem que matar 16 chefões do tamanho de titãs -, o jogo encanta por sua beleza, inovação, diversão e alto valor artístico.

Composta por Kow Otani, a música do jogo alterna momentos de completo silêncio – nos campos à caminho da batalha com algum colosso – com momentos onde a música simplesmente explode.

Sonic the Hedgehog 2 Soundtrack

Uma homenagem à nostalgia. É isso que é a trilha de Sonic 2.

Para quem, como eu, passou sua infância jogando Mega Drive, essa trilha é um retorno ao melhor da vida.

Pautada em músicas simples – devido às limitações técnicas da época -, Sonic 2 encanta pelo seu caráter chiclete. Você não precisa ser um especialista em música ou trilha sonora para saber quando uma música é do game.

A trilha foi composta por Masato Nakamura, que já havia feito a trilha do primeiro jogo da série Sonic.

Chrono Trigger Original Sound Version

O jogo que estou jogando atualmente – sim, sou um herege.

Considerado por muitos como o melhor RPG já feito para videogames, Chrono Trigger foi a união de mentes brilhantes japonesas no chamado “Dream Team” da Square (hoje Square Enix): Hironobu Sakaguchi (criador da série Final Fantasy), Yuji Horii (criador da série Dragon Quest) e Akira Toriyama (criado de Dragon Ball e Dragon Ball Z).

A trilha ficou a cargo de Yasunori Mitsuda – que compôs a vasta maioria – e Nobuo Uematsu – compositor das trilhas de Final Fantasy e que fez 10 canções após o primeiro contrair uma úlcera durante o projeto.

Fica o destaque para Frog’s Theme – vídeo no post – e Wind Scene.

The Last of Us (Video Game Soundtrack)

O melhor jogo da última geração de videogames. Simples assim.

The Last of Us conseguiu reformar um tema batido – o apocalipse zumbi – nos videogames do mesmo modo que The Walking Dead fez na cultura pop como um todo.

Com uma dublagem – original, diga-se de passagem – digna de uma animação da Pixar, o jogo mais parece um roteiro de cinema tamanho seu realismo. Tratando de temas muito humanos, como a solidão, o medo e sobrevivência, o jogo é um exemplo de como jogos devem, sim, ser considerados como arte.

A trilha é composta por Gustavo Santaolalla, vencedor de duas estatuetas do Oscar – Brokeback Mountain e Babel.

Aqui, diferentemente de Resident Evil, por exemplo, a música tem um foco mais melancólico do que propriamente horror. De fato, classificar Last of Us enquanto horror não me soa algo adequado. A mistura de violão e percussão cai extremamente bem ao jogo e o confere todo o ar triste que a experiência exige.

The Legend of Zelda 25th Anniversary

Falar de Zelda é chover no molhado. Melhor jogo já feito, melhor série já feita, trilha sonora impecável. É tanto hors concours que nada que eu fale vai ser novo ou inovador.

Fica então minha sugestão de um excelente álbum lançado junto com um dos últimos games da série, Skyward Sword. Intitulado The Legend of Zelda 25th Anniversary, a trilha é uma composição do que Koji Kondo – compositor original das trilhas da série – chamou de “as melhores melodias da série The Legend of Zelda”.

Um álbum curto, simples, mas ímpar. Para um fã da série, um prato cheio.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s