e vamos pro “rock”, bebê

todo mundo sabe da birra que eu tenho com o Rock in Rio (se não sabe, clica aqui e lê o que eu já escrevi sobre o festival em 2011). mas, esse ano, eu resolvi deixar a birra de lado, como eu anunciei em 2011 que poderia eventualmente fazer, e vou curtir os dois sábados de festival. acontece que, nesse ano, eu fui positivamente surpreendida por um line-up que, de fato, privilegia o rock. dos 7 dias de festival, 5 são dedicados ao rock n roll nas suas muitas variações.

pra falar a verdade, eu gostei do line up num grau que gostaria de ir, além dos dois sábados, nas noites de Metallica, Bon Jovi e Iron Maiden. mas, além de não ter grana, já foi difícil conseguir ingresso pra dois dias, que dirá cinco. e, vamos combinar, cada ingresso tava caro pra caramba,

falando em caro, já fiquei sabendo que um copo de Heineken tá custando R$10,00. DEZ REAIS. DEZ FUCKING REAIS PRA UM COPO DE CERVEJA. tá foda a vida. #bolsistasofre

ah, já fiquei sabendo também que tem fila de 6h pra brincar na tirolesa (que eu não tenho vontade de ir), e uma média de 2h de espera pra brincar nos outros brinquedos (pretendo ir pelo menos na roda gigante, veremos).

é claro que pretendo registrar aqui minhas impressões e experiências no festival, mas eu quis registrar antes da farra começar que eu vou pro Rock in Rio ver rock n roll, esperando ser surpreendida de forma tal que as minhas birras acabem.

e vamos pro rock, bebê!

Uma resposta para “e vamos pro “rock”, bebê

  1. Pingback: depois do Rock in Rio 2013 | coisas muito pequenas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s