Arquivo do mês: julho 2013

felicidade, enfim, chegou!

escrevo, neste momento, de Brasília, onde estou desde a última quinta feira. queria ter registrado antes o que ora escrevo, mas os últimos dias foram tão corridos que só agora pude parar e corresponder mais ou menos à minha necessidade de escrever.

quinta feira a noite cheguei aqui, poucos minutos depois do meu amor. o tempo dele em Harare, finalmente, acabou!

sim, foi antes do tempo inicialmente previsto – 2 anos – mas ainda assim foi tempo demais. não aguentava mais esperar pela volta dele, pra saber que a distância que vai nos separar por algum tempinho será, agora, muito mais fácil de ser superada. o que é um vôo Rio-Brasília pra quem ficou quase 1 ano e meio tendo que aguentar todas as dificuldades de uma separação Brasil-Zimbabwe? nada!

desde que ele chegou, não paramos um minuto. era preciso comprar logo um carro, porque em Brasília dificilmente se consegue resolver a vida a pé. em seguida, alugar um apartamento – e ainda comprar os principais móveis e eletrodomésticos pra que ele se instale logo.

e conseguimos! foi bem coisa de Deus, de iluminação divina. conseguimos achar um apto ótimo pra ele logo no sábado, e no mesmo dia ele não só alugou o apto como começou a comprar os móveis. ontem fomos no outro shopping pra ele comprar os eletrodomésticos, e agora falta só o fogão, mas acho que vai ser comprado pela internet.

hoje precisamos fazer uma limpeza no apto antes que os móveis e eletros comecem a chegar amanhã. tô morta de cansaço nessa maratona, mas é preciso fazer o máximo possível enquanto tô aqui pra ajudá-lo.

e hoje acordei meio ruinzinha do nariz. ainda não identifiquei se é só alergia ou se pode ser uma gripe chatinha querendo me pegar. se for gripe, fudeu, porque ainda há muito por fazer e eu tenho que ir pra Belém no domingo pro Encontro Nacional da Associação Brasileira de Defesa. Deus me ajude!

Anúncios

mixtape #2: pra rezar

A mixtape de hoje traz uma pequena seleção de músicas para rezar. É a semana da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio, e tô aproveitando o gancho do contexto pra registrar aqui 5 músicas que sempre me ajudam a chegar mais perto de Deus – porque, pra mim, rezar é isso.

  1. Rei dos Reis – Padre Marcelo Rossi e Camila Titinger 
  2. Nossa Senhora – Roberto Carlos 
  3. Se eu quiser falar com Deus – Maria Rita 
  4. Deus e eu no Sertão – Victor e Léo 
  5. Tudo é do Pai – Padre Fábio de Melo 
  6. Romaria – Elis Regina 
  7. A Montanha – Roberto Carlos 

mais um post sobre amor e Harry Potter

como o título já diz, esse é mais um post sobre Harry Potter.

acontece que hoje completam-se 6 anos do lançamento de Harry Potter and the Deathly Hallows. ou seja: 6 anos desde que li pela última vez linhas inéditas sobre o mundo que me fascina, me alucina, me faz cometer loucuras.

6 anos se passaram sem uma linha nova (mentira, teve um dia que a tia Jo soltou uma folha frente e verso escritas sobre uma aventura de Sirius e James na juventude) sobre esse universo, e o meu amor pela história só cresce.

aqueles boatos de livros novos ficaram mesmo só nos boatos. o que é novidade é que tia Jo lançou em abril/2013 um livro com um pseudônimo e ninguém sabia disso até semana passada. quer dizer, já tô pirando querendo ler.

é muito amor, Brasil. e é muita saudade. é muita vontade de ler coisas novas dentro desse universo que me acompanha há tantos anos. é muita saudade de abraçar as aventuras de Harry, Ron e Hermione. é muita vontade de saber do Neville, do Fred e do George. é muita saudade de ver novidade.

é muita vontade de ver a tia Jo (ainda não desisti! se não deu pra encontrá-la em Edinburgh ano passado, a oportunidade há de vir!) e agradecer pela história maravilhosa que ela inventou e que me deixa tão feliz, que me causa um misto de emoções que nem sei explicar.

ai, Harry.

vem mais Harry Potter por aí?

Nesta semana surgiram alguns boatos sobre um novo Harry Potter – ou dois, como noticiado pelo USA Today. Estaria mesmo tia Jo Rowling escrevendo novos livros sobre o meu universo favorito??

Claro que estou nervosa e apreensiva com esta notícia. Será verdade??

A não ser que tia Jo publique algo em seu Twitter ou site oficial, não acreditarei; até ter certeza de que poderei ter livro(s) novo(s) em mãos, vou tentar manter a calma e controlar a ansiedade.

Ah, mas que seria maravilhoso… Isso seria!!

Pirando. Porque isso não é nada pequeno!

sem aparelho, parte 1!

TIREI O APARELHO!

ok, foi só a parte de cima, mas já é um avanço enorme!

isto posto, deixa eu voltar pros meus trabalhos, porque a vida não tá nada fácil. tô sem tempo até de pregar botões que soltaram. ai ai ai