Arquivo do dia: abril 12, 2013

a teoria dos elásticos de cabelo e o seu mundo paralelo

que eu coloquei aparelho nessa semana, vocês já sabem. e que eu criei um blog pra contar a minha saga de aparelho, bem, não sei se vocês já sabem, mas, se não sabiam, agora já sabem.

no post de hoje de lá, eu dei uma pista da minha teoria de que todos os elásticos para cabelo do mundo moram num mundo paralelo. e resolvi que aqui era um bom lugar para registrá-la.

afinal, não é porque eu vou contar a minha saga de aparelho por lá que eu vou parar de escrever meus devaneios por aqui!

então. à teoria!

todo mundo sabe que meu cabelo é liso escorrido – ainda bem que eu tenho bastante cabelo, então não fica ralo na minha cabeça. sendo o meu cabelo liso escorrido, eu tenho muita dificuldade de usar acessórios no cabelo.

grampo não pára no lugar, arcos e faixas deslizam, e elásticos escorregam.

mas eu tenho andado numa fase de prender bastante o cabelo. esse negócio de estudar muito, combinado ao calor que faz por aqui, acaba me deixando irritada com o meu cabelo. como eu não tenho coragem de cortar ele bem beeem beeeeem curtinho, amarro ele com elástico.

o problema é que, como eu disse, os elásticos cismam em deslizar cabelo abaixo.

e aí eu sempre perco vários elásticos sem perceber!

eu tenho um estoque em casa. só que o estoque sempre diminui muito porque eu nunca consigo achar os elásticos fujões!

foi aí que eu formulei a teoria dos elásticos de cabelo e o seu mundo paralelo. já que eu perco um monte de elásticos e nunca consigo encontrá-los de novo, tenho certeza de que eles caem num mundo paralelo só deles!

outono com temperatura de verão

São Pedro resolveu me zoar no início dessa trajetória de aparelho. Hoje fez um calor danado aqui em Niterói (quando conferi a temperatura, os termômetros marcavam 32ºC), e eu precisei sair de tarde pra resolver umas questões de banco e também procurar uma roupa pra um casamento que vai rolar nesse final de semana. É claro que eu tenho que deixar todos esses preparativos de mulherzinha pra última hora, afinal (já ou ainda?) tô cortando um dobrado no mestrado.

Enfim. São Pedro me zoou porque eu tinha que sair, estava muito calor, eu ia andar no sol, e eu simplesmente não conseguia sintonizar a minha cabeça pra montar um look fresquinho que não me deixasse com muito jeito de adolescente.

Admito que não tive muito sucesso, porque não consegui fugir do short + camiseta. Mas, ao invés de partir pra escolha óbvia do short jeans com blusa/camiseta de malha, por exemplo, escolhi esse short tie-dye com spikes e essa camiseta de tecido estampado.

A camiseta de tecido já dá um ar mais arrumadinho pro look, né? Combinei com uma bolsa de mão e uns óculos escuros quadrados oversized, com cabelo preso estrategicamente de lado.

Tirei umas fotos na rua pra ilustrar o post, mas essa foi a única apresentável /:

O cabelo acabou não sobrevivendo preso por muito tempo, já que o elástico escorregou e eu acabei perdendo ele pela rua. Eu tenho uma teoria de que todos os elásticos para cabelo do mundo moram num mundo paralelo.

Mas não vou explicar essa teoria aqui agora não. Pra fechar o post, vou registrar que já não tô comendo com tanta dificuldade, não tô falando fazendo (muit0) biquinho, tô tentando respirar só pelo nariz, e a (re)adaptação está sendo tranquila. Até agora nenhum dos brackets caiu e nem o fio saiu do lugar pra me espetar – se continuar assim, o final de semana será um sucesso!

  • Camiseta: Farm
  • Short: Espaço Fashion
  • Sandália rasteira: Sollas
  • Bolsa: Topshop
  • Óculos: Forever 21

retrospectiva: dos 9 aos 14

Nessa semana, depois de colocar o aparelho de novo, foi inevitável sentir vontade de rever as fotos dos anos compreendidos entre 1999 e 2004.

Entre muitas e muitas fotos, escolhi umas pra postar aqui e mostrar pra vocês:

1999

1999

2000

2000

2001

2001

2002

2002

2003

2003

2004

2004

Escolhi uma foto pra cada ano do tratamento. Repararam que eu não postei nenhuma foto usando óculos? Eu detestava tirar foto com os óculos de grau, porque achava (e ainda acho) o combo óculos + aparelho uma coisa bastante assustadora.

2013

11 de abril de 2013

Não mudei muito de lá pra cá, né?