Coisas que só acontecem comigo

Daí que, um belo dia, você decide que vai encarar seus fantasmas, e não vai mais ficar nervosa com determinadas coisas. Você volta a ouvir as músicas que tinha se proibido de ouvir, e percebe que não chora mais por conta de letras que te lembram alguém. Você resolve, já que tá tão forte assim, que pode até comprar uma blusa que faz alusão à uma das duas canções que mais doía ouvir – porque, afinal, há anos e anos é uma das suas músicas favoritas.
Você pensa, “ah, não tem problema. Já passou muito tempo.”
Você acha que é tão forte assim.
Mas aí, um belo dia, você decide colocar a tal blusa que faz alusão a tal canção, e vai na rua resolver qualquer coisa pendente. E, justamente nesse dia, você começa a suar frio, ficar nervosa, e sentir todas aquelas coisas que tinha se proibido de sentir.
Porque você vê o motivo de tantas lágrimas derramadas ao longo dos anos. Porque você sente aqueles arrepios todos outra vez, e toda aquela tristeza por ter perdido uma guerra que não teve coragem de lutar. Porque você percebe que sempre fez todo o sentido se proibir de ouvir determinadas canções e fazer alusão a determinadas coisas.
Mas você também percebe que cresceu, que tá mais forte. Que já não chora no meio da rua, só porque viu aquela sweet child que te fez sorrir tantas vezes. Que já não deixa de lutar em guerras, mas enfrenta as batalhas com coragem e cabeça erguida. Que perde guerras, que ganha feridas, que aprende.
E você se dá conta de que, há exatos 7 anos, conheceu a pessoa que te faz sentir tantas coisas.
Que diazinho pra te rever, hein, rapaz.
Mas, olha, até que foi providencial. Mais uma vez, Deus sabe o que faz. E eu compreendo. Porque só assim pra eu perceber que questões que eu pensava ser tão preocupantes, as piores possíveis, são colocadas em perspectiva, e eu vejo que esse, sim, é uma questão preocupante. Uma questão complicada e mal resolvida. Uma questão importante.
E isso tudo é só pra eu sempre me lembrar de que, as vezes, é melhor eu não lutar tanto pra esquecer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s