Arquivo do mês: setembro 2010

you and i both

and it’s okay if you had to go away
oh, just remember that telephones
well, they work out of both ways
but if i never, never ever  hear them ring
if nothing else i’ll think the bells inside
have finally found you someone else and that’s okay
cause i’ll remember everything you say.
Imagem

é primavera

o infiltrado escreveu

“O amor, como se sabe, é um milagre, que acontece contra todas as estatísticas.”

é, pois é, então.

29 dias

há 29 dias, um vazio toma conta de mim.

não importa quantas vezes eu saia com meus amigos, ou quantos afagos eu ganhe, ou o quanto eu beba, ou quantas viagens eu faça; não importam cortes de cabelo, ou unhas feitas, ou compras; não importam provas, monografia, trabalhos, faculdade.

na realidade, pouco me importa qualquer coisa.

não importa quanto tempo passe: 29 dias, 29 meses, 29 anos.

eu sei que esse vazio nunca vai acabar.

e é tanta saudade que eu nunca vou conseguir mensurar…

tanta saudade.

vazio.

o amor é outra coisa

O amor não o faz adentrar um mundo mágico e acreditar que toda magia é realidade. O nome disso é J.K.Rowling. O amor é outra coisa.

O amor não te apresenta a um novo mundo, que você nem sonhava existir. Isto se chama Carta de Hogwarts. O amor é outra coisa.

O amor não te leva às alturas. O nome disso é Quadribol. O amor é outra coisa.

O amor não te faz voar. O nome disso é Firebolt. O amor é outra coisa.

O amor não é como uma força invisível que te transporta e faz voar. O nome disso é testrálio. O amor é outra coisa.

O amor não é algo que cobre seus ferimentos. O nome disso é Férula. O amor é outra coisa.

O amor não é capaz de fazer crescer ossos em você. O nome disso é Skele-Gro. O amor é outra coisa.

O amor não te acorda. O nome disso é Mandrágora. O amor é outra coisa.

O amor não te dá sorte. O nome disso é Felix Felicis. O amor é outra coisa.

O amor não te traz o que você deseja. O nome disso é Accio. O amor é outra coisa.

O amor não vai te impedir de ser quem você realmente é. O nome disso é Petúnia e Válter Dursley. O amor é outra coisa.

O amor não vai te levar a qualquer lugar na hora que você quiser. O nome disso é Aparatação. O amor é outra coisa.

O amor não faz você ter seguidores, nem causa devastação e dor. O nome disso é Voldemort. O amor é outra coisa.

O amor não te deixa subordinado à outra pessoa. O nome disso é Imperius. O amor é outra coisa.

O amor não é fazer tudo que a outra pessoa quer sem nem pensar. O nome disso é maldição Imperius. O amor é outra coisa.

O amor não tortura. O nome disso é Crucio. O amor é outra coisa.

O amor não te mata. O nome disso é Avada Kedavra. O amor é outra coisa.

O amor não te faz sentir dor, não te domina, nem te mata. O nome disso é Maldição Imperdoável. O amor é outra coisa.

O amor não é como uma alma em dois corpos. O nome disso é Horcrux. O amor é outra coisa.

O amor não escurece e nem ilumina. O nome disso é Nox e Lumos. Amor é outra coisa.

O amor não vai te escolher. O nome disso é Varinha. O amor é outra coisa.

O amor não vai te trazer lembranças antigas à tona. O nome disso é Penseira. O amor é outra coisa.

O amor não dá calafrio. Isso se chama Dementador. O amor é outra coisa.

O amor não encurta distâncias. Há vários nomes para isto: Rede de Flú, Aparatação, Chave de Portal… O amor é outra coisa.

O amor não te espanca quando você ousa abraçá-lo. Isso se chama Salgueiro Lutador. O amor é outra coisa.

O amor não é como um guia para os bons caminhos, livrando-o de enrascadas. Isso se chama Mapa do Maroto. O amor é outra coisa.

O amor não te faz respirar até de baixo d’água. O nome disso é Guelricho. O amor é outra coisa.

O amor não é algo irritante que faz exigências e te priva das coisas boas. O nome disso é Dolores Umbridge. O amor é outra coisa.

O amor não faz qualquer coisa por você. O nome disso é Elfo Doméstico. O amor é outra coisa.

O amor não te machuca e ainda alega “Foi para o seu bem”. O nome disso é Dobby, o elfo doméstico. O amor é outra coisa.

O amor não é algo em que você “confia desconfiando”. O nome disso é Severo Snape. O amor é outra coisa.

O amor não se aproxima de você e suga toda a sua felicidade. O nome disso é Dementador. O amor é outra coisa.

O amor não vira seu mundo de cabeça para baixo. O nome disso é Levicorpus. O amor é outra coisa.

O amor não te faz flutuar. O nome disso é Wingardium Leviosa. O amor é outra coisa.

O amor não entra na sua cabeça e embaralha o cérebro. O nome disso é zonzóbulo. O amor é outra coisa.

O amor não te faz lutar por justiça e liberdade. O nome disso é Armada de Dumbledore. O amor é outra coisa.

O amor não te faz rir a toa. O nome disso é Rictusempra, o amor é outra coisa.

O amor não invade a sua cabeça e toma conta dos seus pensamentos. O nome disso é Legilimência. O amor é outra coisa.

O amor não é algo que te faz contemplar as estrelas em uma noite sem lua. Isto se chama Professora Trelawney. O amor é outra coisa.

O amor não é algo que te faz ver grande importância em coisas banais. Isso se chama Arthur Weasley. O amor é outra coisa.

O amor não é uma coisa que faz de tudo pra te humilhar. O nome disso é Draco Malfoy. O amor é outra coisa.

O amor não é algo que as pessoas tem medo de falar. O nome disso é Você-Sabe-Quem. O amor é outra coisa.

O amor não é uma ferida que doí. Isso é a cicatriz do Harry. O amor é outra coisa.

O amor não se acalenta com música. O nome disso é Fofo. O amor é outra coisa.

O amor não te trás tudo que você precisa. O nome disso é Sala Precisa. O amor é outra coisa.

O amor não te faz dançar como um Hipogrifo. O nome disso é As Esquisitonas. O amor é outra coisa.

O amor não é louco, impulsivo e irresponsável. O nome disso é Sirius Black. O amor é outra coisa.

O amor não faz você perder tudo. O nome disso é Varinha das Varinhas. O amor é outra coisa.

O amor não te protege, às vezes te ignorando e, se necessário, morrendo. O nome disso é Alvo Dumbledore. O amor é outra coisa.

O amor não deixa as outras pessoas invisíveis a você. O nome disso é Capa da Invisibilidade. O amor é outra coisa.

O amor não te faz cuspir fogo. O nome disso é Pepper Imps.

O amor não é fofoqueiro. O nome disso é Rita Skeeter. O amor é outra coisa.

O amor não te faz se transformar a cada lua cheia. O nome disso é Remus Lupin. O amor é outra coisa.

O amor não burla regras pra te fazer companhia. O nome disso é James Potter, Sirius Black e Peter Pettigrew. O amor é outra coisa.

O amor não se arrisca por você. O nome disso é Lily Potter. O amor é outra coisa.

O amor não te faz sangrar por todos os lados. O nome disso é Sectumsempra. O amor é outra coisa.

O amor não te deixa com frio na barriga, mãos suadas e contando os dias para ver. Isso se chama estréia de HP. O amor é outra coisa.

 

E ESSE MAIOR AMOR DO MUNDO NÃO É NADA PEQUENO.