coisas que aprendemos pelo caminho

a vida é realmente engracada.

quando eu estava em Buenos Aires, e conheci a Natália (que ficaria lá 2 meses) e o Matheus (que ainda esta lá, porque ficaria 6 meses), eu achei que eles eram loucos. 

eu não conseguia compreender como ficar tanto tempo fazendo um mero curso de línguas num lugar. eu não conseguia ver motivação o suficiente pra isso.

mas, agora, eu vejo. e como vejo.

afinal, quem vai pra Buenos Aires fazer curso de espanhol não está verdadeiramente querendo estudar espanhol. tá, óbvio que existe um fundo de querer estudar espanhol (afinal, temos que frequentar a COINED disciplinadamente para receber o certificado, e aprendemos muito, de fato), mas o que a gente quer mesmo é curtir aquela cidade fantástica, que tem tanto a oferecer em tantos aspectos diferentes — museus, noitadas, ruas históricas,  culinária, música, …

e eu aprendi, pelo meu caminho, que eu queria ter ficado mais tempo lá. a minha semana lá foi maravilhosa, mas 1 semana em Buenos Aires é muito pouco.

mas eu sei que vou voltar. um dia, eu vou voltar.

e também sei que ainda tenho mundo pra ver. o mundo é muito grande e eu quero ver o máximo dele. e eu vou ver o máximo dele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s