os planos

Tenho feitos muitos planos. Planos de me mudar. Planos de simplesmente sumir por uns dias. Planos de menina, de criança, de quase mulher.

Alguns são, de fato, absurdos. Outros, um pouco mais realizáveis. Tem aqueles que, se eu me esforçar muito, posso realizar. E também tem alguns que eu sei que eu poderia realizar num estalar de dedos, mas tenho receio.

Mamãe incentiva. Me pergunta pra onde quero ir, quando quero ir. Parece que ela quer mesmo que eu saia dessa loucura que temos vivido. Parece que quer me poupar. Parece, não; quer, com toda certeza.

Se é assim, o que me falta?

Falta coragem: coragem pra sair daqui, e deixar, por uns dias ou uns anos, o que eu tenho de mais precioso; coragem pra decidir pra onde quero/devo ir. Falta coragem de arrumar as malas, botar a mochila nas costas, e dizer “tchau, tô indo”.

E agora mamãe chamou pra comer. O cheirinho da pizza está incrível. Como arrumar coragem de realizar meus planos fora daqui, quando estar aqui é tão confortável?

Ainda que louco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s