era uma vez 2008

2008 foi, para mim, um ano maravilhoso. faltando cerca de 9 horas para 2009, é hora de pensar em tudo de bom – até no que não foi tão bom assim – que aconteceu nesse ano.

pra começar, em janeiro eu pude renovar minhas energias no lugar que eu mais amo. poder escapar pro lugar onde não existem preocupações e a minha única obrigação é me divertir foi maravilhoso. eu precisava daquilo. muito. e mesmo com um temporal inesperado, e ter ficado doente por conta desse temporal, eu pude aproveitar muito. em uma palavra: awesome! e super awesome também foi encontrar com o jotapê no aeroporto antes de eu viajar, quando ele me fez o convite para ser diretora com ele no onujr.

aí chegou fevereiro, e eu passei o carnaval em rio das ostras com a família. achei estranho ter sido tão bom, quando eu costumo odiar ir pra lugares com sol, calor e etc. na verdade, eu sempre fugi do verão. mas foi um carnaval muito bom… pude pensar na vida, e ainda praticar meus dotes como fotógrafa. de volta pra casa, voltaram também as aulas. foi muito bom poder rever todos de novo e retomar os estudos.

em março, fui pra belo horizonte pela primeira vez. foi sensacional! até porque eu num fui por um motivo qualquer, mas porque eu era parte do temas 4 – da guerra. foi um modelo inesquecível, porque foi a primeira vez que eu simulei em inglês, a primeira vez que eu simulei fora do rio, e a primeira vez que eu estive num comitê que só tinha gente mais velha do que eu. além disso, fiz vários novos amiguinhos e andei num teco teco.

em abril e maio, não aconteceu nada extraordinário. no meio de muito estudo, fui ao itamaraty pela primeira vez, pra conferência brasil-china, e eu fiquei encantada com aquele lugar. além disso, poder ver embaixadores e acadêmicos de r.i. discutindo política internacional foi inesquecível. no finalzinho de maio, houve o simun, quando fui diretora do fórum econômico mundial com o ogro e o bê. foi uma experiência única, mas eu devo confessar que não sinto muita saudade do simun. foi um modelo bastante conturbado… não consegui nem ter dps.

em junho, vieram as últimas provas do 3° período… e também o casamento da Nanda com o Fred. foi emocionante devido às circunstâncias. e, a essa altura, eu já estava de férias.

chegou julho, e eu ficaria em casa as férias inteiras… mas, como tudo pode mudar em um segundo, tudo mudou quando eu acordei e descobri que ia voltar pro meu lugar favorito em 2 dias. eu troquei meu inverno por um novo verão sem pensar que sentiria muito calor e entraria em muitas filas. eu simplesmente abracei a oportunidade. e foi perfeito. foi um verão inesquecível. de volta, ainda sobravam uns dias de férias, e eu assisti o cavaleiro das trevas. fuderoso. isso merece destaque porque, enquanto estávamos em orlando, eu, marcos, pedro e leandro sempre falávamos ‘aaaaaaai num acredito que tenho que esperar pra ver batman!’ e coisas do gênero. fazer o quê, a gente deve ser doente.

agosto chegou, e com ele chegou o 4° período. chegaram também grandes verdades e algumas dificuldades… coisas que me tornaram mais forte.

setembro e outubro, bem como agosto, trouxeram coisas que me fizeram crescer. desde idas ao cinema muito divertidas até superações de obstáculos acadêmicos, eu sei que tudo foi bom pra mim. além do mais, em outubro comemorei o dia das crianças por uma semana com vários amiguinhos, inclusive indo ao maracanã pela primeira vez.

então veio novembro… um mês que seria caracterizado por muitos trabalhos, provas e o onujr. a ansiedade era muito grande… afinal, eu seria diretora com todd e jotapê, duas pessoas que eu sempre vi como exemplos de inteligência e dedicação. o conselho otan-rússia foi perfeito, e deixou muita saudade. foi extremamente difícil lidar com o fim. chorei muito, muito mesmo. no encerramento, e depois, e quando cheguei na faculdade no dia seguinte. foi difícil, mas a dps acabou passando.

por fim, veio dezembro, com as férias, john mayer, meu aniversário, e as promessas de um verão inesquecível. pena que tem chovido tanto. mas já aconteceram diversas coisas que garantiram que esse mês fosse fantástico, além de garantir O VERÃO.

mas, dezembro ainda não acabou, e 2008 ainda não acabou. ainda tenho algumas horas para saborear as lembranças de um ano inesquecível.

sim, 2008 foi inesquecível. possivelmente, o melhor ano desses 19 anos. mas, isso ainda pode mudar. afinal, eu ainda tenho uma vida inteira pela frente, e eu sei que, seja o que vier, será maravilhoso.

vou fechar 2008 e começar 2009 ao lado do meu melhor amigo, uma das pessoas mais importantes pra mim. e, devo dizer, isso não tem preço.

eu posso sentir que 2009 será excelente. e, por enquanto, fica o desejo sincero: feliz ano novo; feliz ano todo; feliz mundo novo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s